quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

º E p i t Á f i O º

Não. Eu não estou me despedindo de vocês ou deste meu cantinho utópico que eu chamo de "meu blog". Estou me despedindo de 2007. Segue então as lágrimas, os discursos cansativos e as esperadas palmas no final. Segurem-se, lá vai!!! (risos)

Meu amiguinho Heliarly me inspirou a fazer esta retrospectiva, que na verdade, se não fosse ele eu até teria esquecido que o ano está terminando e eu "devo essa" pra esse blog, neh? Ou melhor, devo essa pra vocês!!


Este ano eu aprendi que não se deve brincar com os sentimentos de ninguém, principalmente os seus.
Aprendi que eu não sou tão forte, nem tão certa, nem tão boa quanto eu apostava.
Percebi que existem pessoas e pessoas. Pessoas que amam sem demonstrar, pessoas que riem sem ter vontade, outras que choram sem necessidades, e outras que mentem.
Mas também descobri que tem gente que gosta, sorri, ama, fala a verdade, sonha e também se desespera, mas com toda a verdade e franqueza possível.

Este ano eu aprendi que quando Sheakespere disse que "existe mais dos seus pais em você do que você pode imaginar", ele falou a verdade. Isso me assusta.
Aprendi que nem sempre a melhor resposta é uma palavra, às vezes ficar em silêncio e se retirar é a melhor maneira de ser coerente.
Percebi que confiança nunca pode ser dada em dose única, tem que ser em doses homeopáticas e para pessoas diferentes.
Mas também descobri que às vezes esperam mais de você do que você um dia poderia imaginar, então a todo momento você deve estar se policiando para não estar decepcionando ninguém.

Este ano eu percebi que posso ser mais, posso ter mais e que não devo me contentar com o pouco, inacabado ou com o incompleto.
Aprendi que tragédias ocorrem em todas as esferas sociais, o diferencial é o rumo ou a dimenção que você dá a elas.
Percebi que um erro nunca vai deixar de ser um erro. E que uma mentira nunca poderá se tornar uma verdade. Nunca!
Mas também percebi que se arriscar é uma besteira, que às vezes (admito!) é melhor pecar por falta do que por excesso.

Este ano eu finalmente entendi o que significa amor e paixão, e que esta última realmente é passageira.
Aprendi que se você tentar consegue, só se deve ter cuidado pra não tentar algo errado.
Percebi que eu posso ser diferente sem deixar de ser eu mesma.
Mas também percebi que deveria me colocar mais (mais ainda?!) no lugar dos outros.

Este ano conheci vocês, amigos blogueiros. E mesmo as vezes parecendo distante, saibam que lembro com carinho de cada um de vocês e guardo no coração suas lindas palavras. Agradeço cada recadinho mandado durante o ano e cada "xêro" retransmitido (ouviu, heliarly? kkk).

Prometo neste NOVO ano escrever mais. rsrsrs

Feliz 2008 !
Paz, amor, saúde e realizações para todos!
Resumindo meus votos, que Deus esteja ainda mais presente em nossos corações.
Não esqueçam de me colocar em suas orações! Estarei colocando cada um de vocês nas minhas.

Amo a todos!!

7 comentários:

Viviane H. Laubé disse...

Adorei seu desfecho para 2008.
Me deu até vontade de fazer o mesmo, sabia?!
Hahahahahahahahahaha! Vou pensar por estes dias no que aprendi com 2007 ;)
Beiiiijo menina ;*

Heliarly disse...

Isso sim!! Taí um texto muito bonito... Apesar de vc ter muito amigos nos blogs eu me sinto único quando vc fala de mim...obrigado pelo carinho!

Heliarly disse...

Ahhhhhhhhh!! Feliz 2008 pra vc tb!

Bjus e Saúde!

Bella... disse...

Isso sim é um texto digno de ser comentado!
Parabens por tudo que aprendeu!
Que 2008 venha repleto de bençãos!

Bjosssssssssssssssssssss

*Lusinha* disse...

Achei MUITO lindo esse texto e o melhor de tudo é olhar para ele e se sentir assim também. É olhar para trás, pra nossa história e ver o quanto crescemos.
Feliz ano novo!
Bjitos!

CeiSa disse...

Aaaaaaaaah!
desejo a ti as melhores coisas do mundo... Não só em 2008, mas pro resto da tua vida!
E desejo que em 2008 vc tenha mais tempo aqui´pra nós!!!

:)

Tudo de bom, meu bem!!!

André disse...

poxa; que ano, né? pra mim não foi dos melhores, mas tiveram coisas boas :D

bjão e feliz 2008!