domingo, 21 de outubro de 2007

:: Pra Começar

...Eu confesso que andei sumida. Mas é que esse fato de se ter um diário é muito complicado pra mim... Não é todo dia que acontece algo comigo que valha a pena relatar. As vezes eu não tenho saco nem de entrar na net! Na realidade ando de saco cheio de tudo ultimamente.

Mas vamos para um resumo do que aconteceu essas semanas.

1-
Acabaram as provas e entre mortos e feridos todos sobreviveram. Na realidade não sei ao certo se sobrevivi a todas, pois só saiu uma nota até agora. Tô no aguardo.

2-
Tô solteira (eba! ufa!!) - Aí alguém aqui dentro grita: 'solteira sim, sozinha nunca!!' Mas acho que eu tô sozinha também, sabe? Tô me sentindo mais leve com isso... Detalhe, isso só faz... 3 dias? Acho que é isso. Será que vou conseguir continuar assim??

3-
Tô meio anônima, meio chateada, na realidade de saco cheio com tudo. Tô querendo mudar tudo, renovar o elenco da minha vida, sabe? Ver gente nova, rir de piadas novas, chorar problemas novos (acho que nem tanto, os antigos já me atormentam demais!!).

4-
A faculdade tá sendo (mal) ingerida por mim via doses homeopáticas. Tô de saco cheio daquela sala, daquela ladeira miserável, dos calos no pé, da bolsa pesada, do ponto de ônibus sempre escuro, dos ônibus sempre cheios, da longa espera pelo ônibus. Saco!!


No mais, acho que é isso. O tempo tá passando depressa, e quando eu penso que enfim estou andando pra frente, percebo que tinha engatado a marcha ré.

Mas o tempo é amigo! Viva!!!!! Isso passa!!!!! (please!!)

Preciso achar a felicidade dentro de mim;
Preciso achar o alguém que eu quero ser, dentro de mim;
Preciso ver um futuro completo dependendo exclusivamente de mim!!
Preciso pensar mais em mim!

Mas agora deixa eu falar mal de mim mesma: -"Eu me descobri malvada e fria (quase gélida) com os bípedes que se arriscam querer algo comigo. Será que é por eu perceber que eles são tudo o que eu não quero??? Ou será porque eu sou fria mesmo? Não gosto de falinhas manhosas, muito 'chamego', muito falatório, muito 'nhanhanhan' como dizia a Kuat, se não me falha a memória."

Parece que agora eu percebo tudo o que eu não quero num cara e quando ele se mostra assim, desprezo. O coitado cai na armadilha como uma presa, depois fica se debatendo. Acho que assisto ele morrer. (que trágico!) Mas saibam que eu aviso antes, digo pra ele não confiar em mim, que eu não gosto dele de verdade, mas eles não me escutam! Mas sabe de uma coisa? É nisso que dá você se permitir gostar (ou estar) de (com) alguém que desde o começo vc viu que não era quem você queria. Com o tempo aquelas características irritantes que no início você relevava, agora faz você ter vontade de voar no pescoço dele.


And I don't want the world to see me
Cause I don't think that they'd understand
When everything's made to be broken
I just want you to know who I am

IRIS - Goo Goo Dolls



3 comentários:

Fê Probst disse...

tem um meme interessante pra você no meu blog :)

Essa música do Goo goo Dools já me serviu como luva... hehehe

andré disse...

todo mundo de volta!
hehehehehe
Bjs!

*Lusinha* disse...

Engraçado, mas eu me identifico MUITO com os seus sentimentos e pensamentos numa época passada, mas não tão longe, da minha vida.
Essa sensação de vazio, de querer mandar tudo para o espaço, mudar tudo, não saber como voltar a andar... E não sei como isso acontece, não há fórmula mágica, mas digo que você precisa deixar as coisas acontecerem como elas são, chorar as lágrimas que quiserem cair, porque você aprende com tudo o que vive nessa vida e é preparado para algo maior.
Ontem eu estava conversando exatamente isso com meu namorado. É porque já ficamos em julho do ano passado, nem duas semanas ficamos juntos e eu tinha raiva dele pelo jeito que as coisas foram naquela época. Continuamos sendo amigos, a minha "raiva"/mágoa era pela falta de sinceridade da parte dele... E depois de um ano, os nossos caminhos se cruzaram novamente e agora estávamos prontos para viver o que estamos vivendo...
Bjitos!