domingo, 25 de maio de 2008

:: To him, with love



Tudo poderia ser bem mais fácil. Se todas as palavras saíssem a seu tempo, compassadas, premeditadamente corretas. Tudo poderia ser bem mais fácil se tudo acontece no tempo certo. Se você não precisasse esperar a hora chegar para poder falar o que quer.


See my dear I'm thinking of you
My how she has grow
Her building blocks have all gone home
And being there is always where
I'll be
You’ll see

To Her With Love – Maroon 5

Hoje eu estava assistindo One Tree Hill, o episódio que Peyton resolve, enfim, falar para o Lucas que ela sempre o amou. Achei uma cena muito forte, as lágrimas vieram no canto dos olhos, a vontade era de gritar, pois era tudo o que eu torcia para que ela fizesse, mas o medo não se afastava, esse momento pode estragar tudo: a amizade deles dois, o contato íntimo que eles tinham... Tudo!

Me fez pensar em mim...

A Peyton a todo o momento se fez da amiga inseparável do Lucas, era um ombro a disposição incondicional dele, era aquela que estava sempre disponível quando a namorada dava uma bola fora. Ela é amiga, confiável, e ele a ama por isso, como amiga, mas a ama! E ela? Aí é onde eu me encontro a maioria das vezes, a garota que sempre está ali para escutar, às vezes para aconselhar, geralmente com uma palavra reconfortante e um chocolate no bolso.

If you need a shoulder mine is here
And I love you
And no one can tell you what to do
And roses and diamonds could never take the place
Of your face
I hope you
Never hesitate to wonder why

To Her With Love – Maroon 5

A garota que nunca se torna a atriz principal, sempre a coadjuvante que fica suspirando no escuro por alguém que ela tanto ama mas não pode ter. Peyton é minha heroína, por mais brega que isso possa soar! Ela conseguiu esperar todo esse tempo, achou o momento certo para se declarar da maneira mais doce, simples e cheia de emoção que eu já vi!

Ela esperou, como eu gostaria de saber esperar...

"Como é difícil engolir a verdade..."








Silêncio! Não é o momento certo!!

3 comentários:

''[G]ü[R]ÿ disse...

uhhhuLL... vc ein, tá perdendo tempo, né? ou já acacou de vez o seu amigo??/ pq é isso que me fez pensar, neste post: estar apaixonada por alguém mto amigo seu.!!!

viu, eu tb estive assim, embora, mesmo tendo me declarado (não mto bem, por sinal) não resultou em nada.

Beeem, c'est la vie!

alohaaa.. good luck

Vinícius Aguiar disse...

Concordo com suas palavras... infelizmente quase nunca temos o tempo preciso para agir, falar, fazer ou sentir, enfim, assim é a vida. Sim, sou de João Pessoa e também gostei do seu blog. Me passa seu msn pra gente trocar idéias! Beijos!

Ceisa Martins disse...

Nossa... é verdade! esse saber o tempo certo, a maneira certa... é o problema!

Ai ai!!!