domingo, 22 de fevereiro de 2009

Um anjo? Eu?!




Sabe amiga, eu não sei se seria certo. Não sei se eu estaria correta em aceitar tudo isso assim, tão rápido, tão intenso, tão louco. Não sei se é certo desmanchar algo que não foi eu quem fiz. Não sei se estou certa em alimentar algo que eu não tenho nenhuma certeza a respeito.


Sabe minha amiga, talvez nós duas estejamos enganadas sobre toda essa situação. Talvez confundimo-nos com as músicas românticas, as palavras bonitas e tanta purpurina. Talvez tudo não passou de um mal entendido.


Hoje eu vi o sorriso deles. O quanto eram felizes antes de mim. Antes dessa semana de sentimentos prematuros. Antes das precipitações de ambos os lados. Talvez eu só não quisesse que ele passasse por tudo o que eu já passei. Talvez eu só quisesse poupar ele de sentir o que eu já senti tantas vezes. Da incapacidade, da rejeição...


Talvez eu tenha realmente me visto nele, como te disse uma vez. Lembra? Te disse uma vez que era incrível como ele usava as mesmas palavras que eu já usei. Que ele andava cheio de dúvidas, como eu. Que ele estava precipitado, como eu muitas vezes sou. Naquele momento, me vi na pessoa dele. Talvez tenha sido por isso que eu tentei remediar. Acho que eu estava tentando me curar por ele. Achei nele uma forma de curar a mim. Isso é errado, amiga? Isso é ludibriar?


Estaria eu procurando mais perfeição em quem já está perfeito demais? Talvez seja isso. Ele é perfeito demais, e eu insuficiente pra suportar tudo isso. Talvez eu esteja procurando o estragado, o pobre, o pouco, o imperfeito, o fraco... como sempre, procurando os problemas para me sentir no dever de conserta-los, resolve-los. Assim, eu não sou nem nunca fui assim tão boa. Nunca mereci tamanha perfeição. Se eu sempre me contentei com o quebrado, o falho, como poderia eu me acostumar com alguém tão... tão certo? Tão dentro dos padrões?


Sabe amiga, ainda é difícil pra mim entender tudo isso. Como tudo correu tão rápido. Como eu não tive que morrer, chorar, gritar, me cansar... Tudo simplesmente correu como um rio corre pro mar. É incrível! É mágico. Mas eu tenho medo. Muito medo.


Tenho medo de estar errada. De ter estragado a vida de duas pessoas. De ter manchado a minha com mais uma culpa dessas. Mas aí ele segura a minha mão e me faz esquecer todas as dúvidas e só ter a certeza de que eu quero ficar ao lado dele pelo máximo de tempo possível. Isso é tão estranho... Isso é tão novo... So good...



:D







Uninvited
Alanis Morissette

Like anyone would be

Como qualquer uma se sentiria
I am flattered by your fascination with me
Fico lisonjeada com seu fascínio por mim
Like any hot blooded woman
Como toda mulher de sangue quente
I have simply wanted an object to crave
Eu simplesmente quis um objeto para desejar

But you, you're not allowed

Mas você, você não é permitido
You're uninvited
Você não tem convite
An unfortunate slight
Triste desmoronamento

Must be strangely exciting
Deve ser estranhamente excitante
To watch the stoic squirm
Assistir aos estóicos sofrendo
Must be somewhat heartening
Deve ser levemente animador
To watch shepherd meet shepherd
Ver pastores enfrentarem-se

But you, you're not allowed
Mas você, você não é permitido
You're uninvited
Você não tem convite
An unfortunate slight
Triste desmoronamento

Like any uncharted territory
Como qualquer outra área extra-oficial
I must seem greatly intriguing
Eu devo parecer muito intrigante
You speak of my love like
Você fala do meu amor como
You have experienced love like mine before
Se já tivesse provado algum como o meu

But this is not allowed

Mas isso não é permitido
You're uninvited
Você não tem convite
An unfortunate slight
Triste desmoronamento

I don't think you unworthy
Não acho que você seja indigno
I need a moment to deliberate.
Preciso de um tempo para pensar.


5 comentários:

Iêda disse...

Minha amiga...
é tudo tão complexo.
Mas vc não está estragando ou atrapalhando nada, vc é perfeita demais pra isso, mas cedo ou mais tarde iria acabar mesmo. Eu ainda sinto lealdade quando ele me fala de seus sentimentos por vc, e eu ainda acredito que será possível.
Posso estar terrivelmente enganada,
mas eu acredito que pode dá certo.
Vc pode ter visto um sorriso ou até mesmo uma felicidade, mas hoje a realidade é outra, ele mesmo já viu relatos de seus sentimentos, e acredito que também deve ter sido bem dificil pra ele. mas por tudo isso ele passou e seus sentimentos continuam lá, e cada dia cresce mais.
Pode me chamar de advogada ou cúpido, tudo bem se for pra tua felicidade eu me submeto. Mas saiba que se tudo que eu acredito que exista, for mentira, serei a primeira a me desculpar por todos os enganos.
Mas até que me provem o contrário acredito que o sentimento que nasceu em vcs veio pra ficar.
só o tempo irá mostrar.

Beijos, minha amiga.

Camilla disse...

Oi Dreycka,

Já me vi muitas vezes em situações de dúvidas como essas. Mas o fato de ter alguém ao lado que quando nos abraça, sana qualquer tipo de incertezas, é muito bom.

Que suas dúvidas acabem logo...

Beijos!

''[G]ü[R]ÿ disse...

ae dreycka.. q redação o primeiro comentário..kkkk
bom, eu estou feliz por vc e triste por mim... n acho q qm eu to de olho esta olhando para mim... e nao acho q sou do tipo q corro mto atras do desafio.. sou mais de ir encantando até fisgar.. mas vai saber??

bom, adorei o post, vc sab.. a musica eh perfeita, as frases lindas, duvida maravilhosa... agora soh falta vc partir pra posts de felicidade plena! alohaaaa be happy!!

manzas disse...

Derramo pelas mãos escritas em palavras
Sentimentos de pensamentos desfiados…
Dispo a alma em poesias desvendadas
Expondo-as sem temer trilhos apagados

Passei para agradecer a visita e comentário…

Um resto de uma boa semana…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Caio Paranhos disse...

Doidão seu texto, Drêycka!