quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Expurgar



Eu só queria parar. Não precisava nem dar marcha ré, assumo todas as consequência do ponto até onde cheguei. Mas apenas não quero continuar. Já vi que não valia a pena, mas custa eu freiar diante essa ladeira! Parece que inúmeras mãos me empurram pra baixo, esperam me ver cair. Ralar os joelhos que nem dobram mais. Tristeza.


Quanto eu ainda tenho que mudar, quanto eu ainda quero uma restauração... Mas ficar teclando a mesma tecla miserável não me leva a lugar nenhum. Continuar pensando nessas coisas não vão mudar o fato que já é tão evidente. Evidente: será?


Talvez essa minha impossibilidade de expurgar todo esse sentimento que já até atingiu minha alma, é pelo simples fato dele não ter chegado ao "fim do pote", como dizia o Jabor. Pois é, parece que não cheguei até o final pra poder decidir se volto ou mudo de direção. Continuar eu sei que não quero (não posso!). A verdade é que nada está tão claro o bastante, os olhares ainda não são verdadeiros o bastante. Igual a uma piscina sem bordas, um segura no outro pra não se afogar. Um prejudica o outro. Os dois uma hora vão morrer. Sufocados com as palavras que a tanto tempo não conseguem falar. Irão morrer engasgados com as dúvidas que engoliram goela a baixo. Uma hora, no tempo certo, os dois irão simplesmente parar.


Mas se demorar mais, eu acho que não vou aguentar. Se quando ele fala comigo, eu escuto as notas musicais do sorriso dele. Se ele não fala, sinto o aroma dos pensamentos dele. Se quando ele não está eu sinto a presença. E se ele não sentir nada disso? E se aquele olhar indeciso dele não for nada? E se as palavras trêmulas não significarem nada? E se eu conjecturei demais? Dificultei demais algo que era tão simples: He will not be there for me.


Simples assim.


2 comentários:

''[G]ü[R]ÿ disse...

oooooooiii dreycka...

ahhh texto bom, o teu. Ainda atrás do benhê, né? ahhh e eu.. vc percebeu? agendei 4 posts, começando pelo do 'medo' q vc leu (obrg pelo coment... e a musica, só não conhecia uma boa e o tempo, tb não deu).. e os demais posts ainda saírao. enfim... são inspirações que tiro só qndo estou com um "sentimento" dentro de mim, q, ontem, foi de fúria!!
enfim.... td é inspiração, né?
ahhh... não sei q mais escrever..
bj bj
alohaaaa

Ciça. disse...

Que texto bom... =D


:*