sexta-feira, 13 de junho de 2008

:: Yesterday



Sua próxima paixão terá tudo que a última não teve
No início parecerá perfeita
Até você encontrar a seguinte, que por sua vez,
Preencherá os defeitos da anterior já desgastada.
Como um ciclo...
Nenhuma será igual
Cada uma mais intensa
Todas passageiras....
Elis (Blog
Quase Tudo, Quase Nada)


É, talvez seja paixão, mas que amor um dia não foi? Na verdade, pobre dos amores que ainda não se aquecem pelo fogo das paixões, certamente neste momento estes devem estar gélidos. Ninguém nunca disse que paixão é pecado, dizem que ela é passageira, só isso. Mas o que não é passageiro em nossas vidas? Tudo na vida passa: nossos amigos, nossos amores, nossos familiares e até bichinho de estimação. Tudo um dia vai embora, nos deixam sozinhos. Se é assim, pra quê se abster de tanta coisa?

Quem não se encanta com as palavras que ficam subentendidas, o mistério do desejo encoberto, as dualidades das conversas, os olhares perdidos no olho do outro? Mesmo tentando ser cada vez mais controlada, ainda não encontro motivo pra controlar a paixão e o desejo. É coisa tão boa, tão entranhada ao nosso instinto, que Freud deve concordar comigo, que muitas vezes o “Id” é muito mais reconfortante do que o certinho do “superego”.


MAS ASSIM EU CONTINUO A SUSPIRAR

Eu queria poder te falar tanta coisa...
Queria te dizer que você é a pessoa mais linda do universo.
Queria te dizer que quando você fala, o mundo pára pra te escutar.
Eu queria tanto te contar meus segredos...
Queria deslizar a mão pelo teu corpo e esperar teu arrepio.
Sentir teu cheiro doce e tocar no teu cabelo molhado.
Como eu queria te beijar como se fosse meu último segundo na terra.
Te olhar dentro dos olhos e te cantar uma música.
Queria rir das tuas piadas mais sem graça.
Queria brincar com você quando ficas chateado.
Mas ontem o dia veio pra me lembrar,
Que nada disso eu ainda posso fazer.
Mas ainda estou a te esperar,
Talvez o improvável um dia ocorra.
E enfim possamos rasgar as verdades que deixamos encobertas até agora.




4 comentários:

''[G]ü[R]ÿ disse...

o trecho da Elis foi o máximo, não? .. tbm adorei essa passagem e qndo li no teu, sabia que tinha lido em algum lugar antes.!! ... e vc ainda continua em busca do "ser", ou já tá deixando a fila andar?.. ashduahsu (não tá tão na cara ese coment, não apaga!)

ashudahsua.. bj..obrg pela visita no amostra!!.. bj

alohaa

*Lusinha* disse...

Pelo visto aquela crise de falta de inspiração foi pra longe, héin?
Bjitos!

Julis disse...

Que lindo esse trecho escrito pela Elis, bom finde amiga

Elis disse...

Ninaaa..que lindo ficou seu post..
gostei muito..
Desse jeito vou ficar famosa...rsrs!
um xero!

psiu:
eu queria colocar uma caixa dessa de dialogo no meu blog.só que n sei..
me help please...!