sábado, 26 de julho de 2008

VERBIZAR




Sair do ar

Respirar fundo

Acordar de um pesadelo

Dormir o cansaço

Cantar a alma

Gritar problemas

Chorar tristezas

Sorrir vitórias

Gargalhar a vida

Sentir o áspero

Doer a falta

Engolir verdades

Cuspir mentiras

Puxar a pressa

Empurrar a paciência

Colher esforços

Correr o destino

Pular crises

Apagar passados

Bordar histórias

Decorar rostos

Juntar fatos

Colar alguém

Frisar impossibilidades

Maquiar o dolorido

Olhar o invisível

Beijar a brisa

Esmurrar a raiva

Fazer Acontecer



7 comentários:

Vinícius Aguiar disse...

Tá "poetizando" bem hein garota... PARABÉNS!!!
Beijos!

Fabi disse...

Fazer acontecer...
muito bom isso, hein?
;)
Beijos!

Davi Arloy disse...

Parece tão fácil assim né?!

Guria disse...

Sou quase perita em engolir verdades... adorei isso...
Beijos e ótima semana

*Lusinha* disse...

Terminou da melhor forma possível: sempre mãos na massa. ;)
Bjitos!

Srta Diazepan disse...

e conjugar os verbos sempre!!!

beijos

Camilla disse...

Um poema que expressa o que fazemos todos os dias para continuar sobrevivendo.

Gritar problemas
Chorar tristezas
Sorrir vitórias

Amei os 3 versos, pois são os 3 que de uma forma ou outra estão mais presentes no nosso cotidiano.

Parabéns, muito lindo!

Bjos.