terça-feira, 16 de setembro de 2008

::Details




Não adianta nem tentar me esquecer
Durante muito tempo em sua vida eu vou viver
Detalhes tão pequenos de nós dois
São coisas muito grandes pra esquecer
E a toda hora vão estar presentes
Você vai ver

Se um outro cabeludo aparecer na sua rua
E isso lhe trouxer saudades minhas, a culpa é sua
O ronco barulhento do meu carro
A velha calça desbotada ou coisa assim
Imediatamente você vai lembrar de mim

Eu sei que um outro deve estar falando ao seu ouvido
Palavras de amor como eu falei, mas, eu duvido
Duvido que ele tenha tanto amor
E até os erros do meu português ruim
E nessa hora você vai lembrar de mim

A noite envolvida no silêncio do seu quarto
Antes de dormir você procura o meu retrato
Mas na moldura não sou eu quem lhe sorri
Mas você vê o meu sorriso mesmo assim
E tudo isso vai fazer você lembrar de mim

Se alguém tocar seu corpo como eu, não diga nada
Não vá dizer meu nome sem querer à pessoa errada
Pensando ter amor nesse momento,
Desesperada, você tenta até o fim
E até nesse momento você vai lembrar de mim

Eu sei que esses detalhes vão sumir na longa estrada
Do tempo que transforma todo amor em quase nada
Mas quase também é mais um detalhe
Um grande amor não vai morrer assim
Por isso, de vez em quando você vai
Vai lembrar de mim

Não adianta nem tentar me esquecer...




Acho que todo mundo um dia já quis sair de um relacionamento assim por cima, se sentindo a última bolacha do pacote, pensando que a outra pessoa simplesmente não iria mais conseguir viver plenamente sem você. Bem, aconselho a quem pensa isso, a se acordar, a vida corre SIM, sem você! Podem deixar SIM de amar você. Podem voltar SIM a viver denovo. Não pense que esses "detalhes" duram por muito tempo... Com os anos cai no esquecimento, "outro cabeludo" aparece na rua dela e ela por um segundo até esquece que você um dia existiu. Com o tempo vocês se cruzam e pensam "acho que já vi ele/ela em algum lugar"... O esquecimento é sanativo, a distância sara qualquer ferida. Se você quer fazer uma "retirada estratégica", saiba bem o que quer, pois depois da decisão tomada, difícil será voltar atrás. O que realmente acontece é que ela acaba encontrando alguém que realmente a ame, e aí sim, se você muito servir, vai ser para ser comparado... Ah, mas o meu ex não fazia isso, nem aquilo...


Pra resumir, se você não for o Roberto Carlos, não termine com ninguém pensando que a partir dali ela só vai viver de "detalhes" de vocês dois, na verdade isso só funciona em poesia, em música e CLARO, em blogs românticos como esse aqui.




Beijos!!

5 comentários:

''[G]ü[R]ÿ disse...

cabeludo?.. kkkkkkkkk... eu percebiiiii,,.,. (só falta vc apagar agora.. kkkk)
viiiuuu: "se sentindo a última bolacha do pacote" -> tbm gosto desta metáfora... meu amigo q me falou pela primeira vez.. kkkk

"na verdade isso só funciona em poesia, em música e CLARO, em blogs românticos como esse aqui" - > romantico? onde?.. kkkkkkk... zuera... tá mais pra declaação de amor platonico este blog que romantico!!.. mas td bem, fazr o q? .. hasudhaus
e lembra da tal garota q te falei, então, agora ela quer "muito" conversar cmg por msn... ashudahsu acho q vou aceitar teu conselho e add ela... kkk

alohaaa
até mais

matina disse...

hahahaha
Queria um cabeluddo em minha vida ...
Se fosse moreno e sarado, estilo surfista ... hummm ...
o que tornaria difícil terminar com ele e sair por cima da carne seca ...


Conselho aceito ...
bj

Anna disse...

Eu não gosto da música, mas as letras do Roberto Carlos apavoram. Sabe, eu que quando uma pessoa sai de um relacionamento pensando que a outra pessoa vai pensar nela o tempo todo, mostra que a que terminou, terminou por carência, só pra querer ver a outra correr atrás. Acho que quem termina plenamente se quiser o bem da outra, quer que ela esqueça você logo, sair dessa vida e encontrar outro amor, e se terminou por maldade aí é que vc quer que o outro te esqueça.
Quando é assim, é porque como dizia minha vó, nesse mato ainda tem cachorro (?)
Beijos!

Nathália disse...

Acho que no geral a vida corre. Mas em alguns casos mais específicos, tem gente que vive mesmo em função de um amor que já passou.

Beijo!

Mary West disse...

Acho chato guardar muitas lembranças, sei lá, parece coisa de quem não quer andar p/ frente.