quarta-feira, 15 de outubro de 2008

::GUACHE::




Eu te sobro e você não me cabe!
Quero mais é te perder - Isabella Taviani


Eu sou demais pra você; você é insuficiente pra mim.
Eu sou o excesso; você o pouco.
Eu sou areia; você camiãozinho.

Você é limitado; eu extrapolo.
Você é volúvel em óleo; eu fui pintada à guache.
Você é via de mão dupla; eu sou trecho em obras.

Eu sou de outra combinação planetária, meu ascendente conflita com o seu; você é signo do jornal da semana passada.
Eu sou a estampa; você as listras.
Eu sou o futuro; você as lembranças do passado.

...passado árduo, fardo que carrego eu...
Sinal de adeus - Isabella Taviani

Eu sou incomum, você mais um.
Eu sou música clássica, você lambada.
Eu sou prática; você, apenas um prolixo enrustido.

Pessoas, valeu pelos comentários!!
Grande beijo!

6 comentários:

matina disse...

Tava em falta com os comentários ...
"...passado árduo"
... futuro inconstante
... Eu sou música Rock anos 80, você swingão (pagodaço).

"Mais um amor platônico servindo com tônico para o meu coração"

Tatah Marley's Confissões disse...

TUUUUUUUUUUUUUUUDO de bom o que vce escreveu!
x)
adorei este poema, vontade imensa de mandar pro meu ex.. --'

Ciça. disse...

POis é. 'os opostos de distraem, os dispostos se atraem...'
E o meu coração? Só passando raiva, menina...


:*

Camila :) disse...

hehee q fotoo massa \o

bejoo

Lily disse...

eu naum gosto de homens menores q eu...rs
naum me apaixonaria por alguém assim como vc descreveu! rs

bjkss

Mary West disse...

Ahhhh quero saber de nada disso. Tou fechada para balanço \o/